terça-feira, 8 de julho de 2008

Primeiro Natal no Canadá




No meu primeiro Natal em Montreal não foi dos melhores, tenho que confessar. Primeiramente porque era o primeiro longe da minha família, e depois eu tinha tido um ano tenebroso. Perdi minha tia mais querida Nadir, que me ajudou em muitas coisas, nem tive tempo de agradecer tudo de bom que ela fez por mim. E 15 dias antes da minha tia, minha avó também se foi desse plano depois de muito sofrimento. Nunca tive um ano tão triste como esse de 2006. A única coisa que me aconteceu de bom foi o meu casamento em dezembro, dois dias antes do Natal. Foi no civil só, e no Palácio de Justiça, em Montreal. Um dia antes, tinha sido a festa do trabalho do Charles e o casório foi de manhã no outro dia, ou seja, casamos praticamente bêbados hehe. Até que foi legal, tinha os amigos do Charles e a família dele, me senti meio sozinha nesse dia porque eu não conhecia ninguém além dos meus sogros e minha cunhada. Enfim, era o meu primeiro casamento e de alguma forma me fez sentir melhor ainda que continuei longe do Charles por mais uns meses porque em janeiro ele voltou pra Seattle e eu fiquei em Montreal.


Voltando ao Natal.....
O Natal antigamente era visto como deveria ser: A celebração pelo nascimento de Cristo e toda aquela história que nossos avós contavam, mas o mundo mudou de uma tal forma que as pessoas, independente de religião, não ligam mais pra esse dia. Eu me lembro do último Natal que passei em família, foi em 2005 na casa da minha avó, e ela fazia questão de que rezássemos antes de comer, e ninguém se importava com presentes, o melhor era estar com as pessoas que amamos. De um tempo pra cá, pessoas esqueceram o valor desse dia e só se preocupam com qual roupa vão usar, que presentes vão ganhar, coisas fúteis e que pra mim não fazem sentido. Claro que é legal ganhar presentes, quem não gosta, mas no meu ver tem limite pra tudo. O Natal que passei em Sherbrooke, em 2006 com minha nova família foi o mais perto do que deveria ser sempre em todos os lugares, na minha opinião. Foi super simples, estávamos meus sogros que são divorciados mas passam juntos por causa dos filhos, minha cunhada que é solteira, Charles e eu. Comemos uma comida simples, trocamos presentinhos simples e ficamos conversando até umas horas pra passar o tempo e depois fomos dormir. Quando falei que meu Natal não foi dos melhores nesse ano, queria dizer que foi porque aconteceu muita coisa no decorrer do ano e eu estava longe da minha família, mas eu acredito que fui bem recompensada. Tenho meus sogros que me amam como se eu fosse filha deles e minha cunhada que é como se fosse minha irmã também. Me lembro que mesmo quando não falávamos a mesma língua, nos entedíamos muito bem, eles sempre fizeram esforços pra me ajudar em todos os sentidos, agradeço muito por ter sido tão bem recebida nessa família.

Até muito breve pessoal!
Estou muito inspirada nos últimos dias hehe
Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário