domingo, 30 de maio de 2010

Enfim em casa, e por tempo intederminado!



Acho que depois de um tempo de reflexão sobre a falta que Paris faria em minha vida daqui pra frente, concluí que sempre terei boas lembranças e histórias legais pra contar sobre aquela cidade que já foi dominada pelos nazis rsrs.
Foi preciso um tempo pra me readaptar à Montreal, aliás ainda estou nessa fase ,pois depois de quase 4 anos fora do Brasil, nunca consegui ficar muito tempo na cidade. Voltar é um pouco como ir morar numa cidade nova, com a diferença que já sei aonde ficam os lugares, como funciona o ritmo de tudo, mas é como um desafio agora. Será que consigo ficar 1 ano sem sair daqui? Eu sei que depois da novidade do baby, pelo menos 9 meses eu sei que vou ficar hehe. 
Montreal, tem alguma coisa que me seduz, que não sei explicar. Como alguém pode se apaixonar por uma cidade que tem uma temperatura média de -20°C no inverno? Logo eu, carioca, louca por praia? Nem eu ainda consegui entender e talvez nunca vai acontecer. 

Depois de passar dois meses no Rio, duas semanas em Paris, minha cabeça deu uma volta, mas aos poucos está voltando ao normal. Foi muita coisa num curto espaço de tempo...É chato você programar coisas e não sair como você esperava, então isso faz a gente se decepcionar e ao mesmo tempo pensar que é porque algo de melhor está pra vir. Voltamos no início de março pro apartamento antigo, com o estresse de sempre, mas tudo acontece mesmo no seu tempo. E bem antes de julho, conseguimos nos mudar de lá, e por pouco não passamos por um incêndio que destruiu o apartamento em baixo do nosso e matou o pobre do cachorro que inalou muita fumaça, tadinho do descabelado. Fico pensando se nós estivéssemos lá na hora, eu poderia ter ficado nervosa demais com a confusão e até perdido o bebê. Saímos de lá uns 3 dias antes, só pode ser coisa divina né. 
Agora estou numa tranqüilidade só, na minha casa, sem ninguém pra me tirar do sério, com minha cachorrinha maluca e Charles, só nos preparando pra quando o bichinho chegar. Deixa só passarem os enjôos, vou virar uma "anja" hehe de tanta paz ao meu redor. 
Tempo de dormir......

"Quando eu penso no futuro, não esqueço o meu passado"

Um comentário:

  1. Amiga,
    Bem vinda a Montreal.Que vc fique de vez por aqui.Nao me abandone nao viu!nem pense nisso!!
    Ainda mais agora que eu vou ser tia do seu/a filho/a.
    E a Boulette, a querida Taz, me conquistou tb.Ela eh fofa, mesmo com o jeito maluquete dela.
    Bjs,
    Andrea*

    ResponderExcluir